...

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Eu sou seu sabiá (Caetano Veloso)


"Se o mundo for desabar sobre a sua cama
E o medo se aconchegar sob o seu lençol
E se você sem dormir
Tremer ao nascer do sol
Escute a voz de quem ama
Ela chega aí
Você pode estar tristíssimo no seu quarto
Que eu sempre terei meu jeito de consolar
É só ter alma de ouvir
E coração de escutar
Eu nunca me canso do uníssono com a vida
Eu sou
Sou seu sabiá
Não importa onde for
Vou te catar
Te vou cantar
Te vou, te vou, te vou, te dar
Eu sou
Sou seu sabiá
O que eu tenho eu te dou
Que tenho a dar?
Só tenho a voz
Cantar, cantar, cantar, cantar"
(Caetano Veloso)
Gênio sim. Gênio.

Um comentário:

RAMON(ES) disse...

Sim, muito gênio...
pause...
noooooooooooooot!
ahahahahaha