...

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

A roupa preta ou o calor? Ou os dois?

Não há justificativas para a escolha do preto, com este calor. Enquanto eu dirigia e via o termômetro marcar 30 graus, aumentava o ar condicionado e mudava a faixa do CD que tocava. E eu nem posso fazer esse tipo de coisa. Da última vez, vi minha viagem de carnaval se esvair no fundo de um táxi.

Mas porque, mesmo, eu optei por esta roupa completamente preta? Calça, camisa, sapatos, alma? Não há funeral e o dia parece sorrir. Mas sorrisos não são simpáticos quando se quer estar blasé. É isso. Blasé. Beirut (música), cigarro e chocolate parecem a melhor combinação para o estado de espírito "Fuck the world today".

Mas não dá. Eu sei que não. Até que dá, mas não pode. Só o Beirut... o cigarro mata e o chocolate engorda. Beirut. Sozinho não faz o mesmo efeito, talvez uma coca-cola resolva. Mas não vai. Coca-cola só presta normal. E normal também engorda. Beirut, cigarros e chocolate.

Que lástima de dia, em uma só tacada trucidei vários objetivos e convicções minhas. Culpa do calor. 30 graus. E da roupa preta. Eu já falei que estava completamente vestida de preto?



Um comentário:

RAMON(ES) disse...

É, sem condições de usar preto em Salvador durante o dia. Só quando está chovendo e olhe lá.