...

segunda-feira, 6 de julho de 2009

O ataque das (às) formigas

Não sei de onde elas estão surgindo, mas tenho a teoria de que sou alvo fácil. As formigas resolveram me perseguir por toda parte. No trabalho, em casa, na rua...

Estou me convencendo de que sou de mel.

Certa feita eu salvei a vida de uma formiga. Ela ia se afogar na lavanderia de minha casa (ops, ex-casa... a de meus pais), quando deu a sorte de contar com a minha presença destemida. Só não fiz respiração boca a boca, mas o salvamento foi digno de Hollywood.

Hoje eu amasso post-it’s contra esses insetos.

Desisti da luta pela sobrevivência dos pequenos animais. Defendo hoje, vergonhosamente, a luta daqueles que desejam não serem incomodados.

Curiosidade: porque fazendo isso me sinto tão incomodada?


2 comentários:

RAMON(ES) disse...

Vc é de mel é?
Então tá.
eheheheheh

Layana disse...

Oi Tarsila

Ói eu aqui... Você casou à pouco hein, que legal. Que sua vida de casada seja tão boa quanto a minha. Também sou perseguida por formiga, minha casa está infestada delas, elas são ninja (o tempo de ir à cozinha pegar algo e elas já atacam tuuuudo)
Meu papai está bem. Eduardo cola nele feito chiclete, pois é leso pelo avô, vai muito ao cinema, faz fisioterapia, se cuida, coça o saco, dorme... aposentado hehehe
Um beijão pra vocês