...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Como estou (sobre)vivendo sem Coca-Cola


Considerações iniciais:

1- Sou viciada em Coca-Cola;

2- Sei que Coca-Cola faz mal;

3- Não tenho o MENOR interesse em parar de bebê-la.


Hoje, completo 14 dias limpa de Coca-Cola. Por razões maiores (que não vêm ao caso), acabei por me forçar a passar seis meses sem o meu néctar dos Deuses.


E o caso é sério. Antes dos seis meses cessarem, não poderei quebrar minha promessa... porque a graça recebida vale qualquer esforço. Não posso desapontar Deus, N. Sra., ou qualquer um dos Santos que me ouviram, no momento de tormenta.


Você está se perguntando se isso é piada?

Resposta: Não. E eu tenho certeza que o Céu inteiro sabe o tamanho deste sacrifício para mim.


Tenho que confessar que o dia-a-dia sem Coca Cola está “menos pior” do que eu pensei que seria. Mas as crises de abstinência são crônicas e me fazem sentir pena dos viciados em drogas.


Todo canto que olho, há uma coca-cola gelada me chamando. Será isso coisa do Capeta?

Pois eu sou mais forte!


Por enquanto, fico aqui... me enganando com sucos e alguns outros refrigerantes...

E contando os dias para 16 de março de 2011 chegar!


Forças!


***

Um comentário:

RAMON(ES) disse...

Poxa, acho que meu maior problema ia ser ficar sem chocolate. Coca-cola é bom, mas eu consigo sobreviver sem ela por um tempo.
ehehehhehe